Você foi transferido pela sua empresa para coordenar um projeto no exterior? Talvez tenha resolvido participar em algum curso lá fora? Ou quem sabe foi acompanhar o(a) amado(a) ou a família em uma nova vida em outro país? Nesse momento, é normal se sentir perdido e desorientado. Uma mudança desse calibre não envolve apenas o local físico e o idioma, mas também o clima, costumes, maneiras de se comunicar, regras de convívio, entre muitos outros aspectos.

Muitas vezes, a expatriação acaba por ser idealizada, já que muitos outros países são vistos pelos brasileiros como altamente evoluídos e muito melhores do que o próprio Brasil. Mas a realidade nem sempre é como imaginamos, pois cada país possui seus pontos positivos e negativos. Confira a seguir algumas dicas importantes para se adaptar no caso de uma expatriação:

Aprenda o idioma

A primeira coisa a se fazer é aprender o idioma local. Para que esse processo seja menos árduo, indicamos iniciar as aulas ao menos alguns meses antes da mudança. Assim, você já fica familiarizado com a língua do novo país e evita passar certas dificuldades na hora de se comunicar com os nativos. Nesses momentos, é fácil perceber como a comunicação é algo absolutamente essencial no dia a dia, inclusive na hora de realizar tarefas simples, como ir comprar pão na padaria.

Mantenha a mente aberta

Entre as muitas preparações necessárias para a expatriação, uma das mais importantes é a consciência de que haverá muitas diferenças de clima e de costumes. Para ter êxito na mudança, é preciso ter muita flexibilidade e entender que as coisas funcionam diferente do que no Brasil. O exercício da paciência também não deve ser subestimado, pois o período de adaptação não é fácil e exige bastante tolerância por parte do expatriado. Afinal de contas, você não será mais um turista, e sim um habitante daquele local.

Explore a nova cidade/país

Conhecer as atrações de uma nova cidade/país é a melhor parte de viver no exterior. Tudo é diferente e desperta curiosidade, o que incentiva a explorar o novo local e a viver novas experiências. Museus, restaurantes, bares, centros culturais, monumentos históricos e muitos outros pontos turísticos estarão disponíveis para visitação. Além disso, também é possível viajar para outros estados e países por um baixo custo, dependendo do país para onde você será expatriado. Uma oportunidade única dessas deve ser aproveitada ao máximo.

Envolva-se com a cultura local

Muitas pessoas expatriadas acabam convivendo somente com um grupo de sua própria nacionalidade, perpetuando o mesmo idioma, os mesmos costumes, o mesmo tipo de alimentação, etc. Esse comportamento não é recomendado, pois ele isolará você dos nativos e impedirá que aprenda os hábitos locais e realmente se envolva com a cultura. É perfeitamente válido ter amigos e conhecidos do seu país, porém o perigo está em se acomodar e não procurar novos contatos e experiências. A riqueza da expatriação está justamente nos aprendizados de viver em um novo local e adentrar a realidade de seus habitantes.

O processo de expatriação nunca é fácil, pois exige muitas adaptações de todos os envolvidos. No entanto, essas estratégias podem ajudar a facilitar essa mudança e a torná-la mais agradável. Afinal de contas, essa é uma oportunidade única!

Smart decisions. Lasting value.

© 2019 Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda.
Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda. is a member of Crowe Global, a Swiss verein. Each member firm of Crowe Global is a separate and independent legal entity. Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda. and its affiliates are not responsible or liable for any acts or omissions of Crowe Global or any other member of Crowe Global.

Mostrar Aviso