Nesse domingo (21), a Espanha reabriu suas fronteiras para a maioria dos países europeus e encerrou o estado de emergência declarado para conter o novo coronavírus. Assim como a Itália, o país esteve no epicentro de contaminação em meados de abril.

As fronteiras espanholas não possuem restrições de entrada para cidadãos dos países da União Europeia, exceto Portugal. Por medidas de reciprocidade, cidadãos portugueses poderão ingressar na Espanha a partir de 1° de julho. Além disso, passageiros do Reino Unido também têm autorização para entrar em território espanhol e não precisam passar pelo período de quarentena, assim como o restante das nações do bloco europeu.

A ministra de Relações Exteriores espanhola, Arancha Gonzalez Laya, também anunciou a livre circulação dentro do país a partir do dia 21 de junho. No entanto, certas medidas de contenção do vírus continuarão em vigor, como a utilização de máscaras em espaços públicos e a medição de temperatura de passageiros.

Até o momento, a Espanha registrou 246.504 casos de contaminação, 28.324 mortes e 150.376 pessoas recuperadas.

Smart decisions. Lasting value.

© 2019 Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda.
Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda. is a member of Crowe Global, a Swiss verein. Each member firm of Crowe Global is a separate and independent legal entity. Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda. and its affiliates are not responsible or liable for any acts or omissions of Crowe Global or any other member of Crowe Global.