Na última terça-feira (5), o secretário da presidência do Uruguai, Álvaro Delgado, anunciou que o governo irá aumentar as medidas e protocolos sanitários em cidades fronteiriças com o Brasil. O intuito da decisão é evitar o avanço do coronavírus em razão do aumento de casos de contaminação e mortes em território brasileiro.

Delgado também ressaltou que o Uruguai procura trabalhar com maior coordenação com os sistemas de saúde brasileiros. A passagem de ambas as nacionalidades pelas fronteiras é comum, pois há cidadãos que trabalham em um país e vivem no outro. Todos deverão utilizar máscaras e manter hábitos de higiene, segundo protocolo.

Um sistema de desinfecção para calçados foi instalado na Ponte da Concórdia para os transeuntes e a temperatura corporal de cada um deverá medida por agentes.

Nas cidades fronteiriças de Rivera, Artigas e Rio Branco não há casos registrados, de acordo com o jornal El País. No entanto, as cidades fronteiriças do lado brasileiro apresentam casos oficiais e mortes, como em Santana do Livramento e Quaraí.

Até o presente momento, o Uruguai possui 670 casos registrados, 17 mortes e 468 pessoas recuperadas.

Smart decisions. Lasting value.

© 2019 Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda.
Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda. is a member of Crowe Global, a Swiss verein. Each member firm of Crowe Global is a separate and independent legal entity. Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda. and its affiliates are not responsible or liable for any acts or omissions of Crowe Global or any other member of Crowe Global.

Mostrar Aviso