Nessa terça-feira (19), a Venezuela decretou um toque de recolher em três municípios na fronteira com a Colômbia e o Brasil para tentar conter a disseminação do coronavírus em território nacional. As autoridades locais associam o aumento de casos da doença ao retorno dos venezuelanos em meio à pandemia.

Segundo o ministro da comunicação da Venezuela, Jorge Rodríguez, a medida entrará em vigor hoje das 16h00 (horário local) às 22h00 do dia seguinte. Ela atingirá os municípios de Guajira e Jesus María Semprún (Zulia), na fronteira com a Colômbia, e Gran Sabana (Bolívar), que faz fronteira com o Brasil.

Rodríguez afirmou que o retorno de milhares de migrantes decorre de um grande descuido dos governos do Brasil, Colômbia, Equador e Peru ao lidar com a realidade da pandemia. Segundo ele, “quase 60% (do número de infecções) são casos de outros países”.

Até o presente momento, o país registrou 749 casos de contaminação, 10 mortes e 253 pessoas recuperadas. De acordo com o governo venezuelano, ontem houve registro de mais 131 novos casos de COVID19, o maior número em um dia até agora.

Smart decisions. Lasting value.

© 2019 Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda.
Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda. is a member of Crowe Global, a Swiss verein. Each member firm of Crowe Global is a separate and independent legal entity. Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda. and its affiliates are not responsible or liable for any acts or omissions of Crowe Global or any other member of Crowe Global.

Mostrar Aviso