Após escândalos envolvendo empresas como Enron – EUA (2001), WorldCom – EUA (2001), entre outras, o senado americano tomou providências e promulgou em 2002 a Lei Sarbanes-Oxley, tendo como principal objetivo a restauração da confiança dos investidores nas demonstrações financeiras das empresas. A SOX obrigou as empresas a criarem mecanismos para a avaliação de seus controles internos sobre as demonstrações financeiras da instituição, além de obrigar a alta administração a se responsabilizar formalmente pela veracidade das informações apresentadas.

Para estabelecer um ambiente de controle aceito perante a SOX, muitas instituições acabam por utilizar a Metodologia COSO, que desde 1985 já vinha auxiliando o setor privado no estudo dos controles internos e gerenciamento de riscos. O que antes era uma comissão, se tornou um comitê sem fins lucrativos, que se dedica ao aperfeiçoamento dos relatórios financeiros das empresas.

Em 1992, foi publicado o primeiro relatório intitulado Internal Control – Integrated Framework, que se tornou referência mundial na adoção de práticas de controles internos. Por conseguinte, a SEC reconheceu a Metodologia COSO como modelo a ser adotado para atendimento de controles internos SOX.

A empresa poderá utilizar outras metodologias que não a do COSO, desde que a escolhida seja amplamente reconhecida, tal como a publicada pelo Canadian Institute of Chartered Accountants.

A empresa precisará avaliar com cautela as novas metodologias, à medida que forem introduzidas no mercado, de forma a se certificar de que o método escolhido seja o mais apropriado.

É importante ressaltar que, independentemente da metodologia utilizada, esse trabalho trará inúmeros benefícios à empresa, como conhecimento detalhado dos riscos, identificação de procedimentos incorretos ou até mesmo desnecessários, eliminação de retrabalhos, entre outros.

Nós, da Crowe Macro, atendemos diversas empresas em trabalhos voltados ao atendimento a controles de SOX e FCPA. Conte com a nossa experiência nessa construção.

Para maiores informações, entre em contato conosco: 

Mario Policastre
Audit & Risk Manager
Contato (11) 94501-9494
E-mail: mario.policastre@crowe.com.br

Smart decisions. Lasting value.

© 2019 Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda.
Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda. is a member of Crowe Global, a Swiss verein. Each member firm of Crowe Global is a separate and independent legal entity. Crowe Macro Auditoria e Consultoria Ltda. and its affiliates are not responsible or liable for any acts or omissions of Crowe Global or any other member of Crowe Global.

Mostrar Aviso